Último evento do ano, Nitto ATP Finals colocará frente a frente os oito melhores tenistas da temporada

Por

Entre os dias 12 e 19 de novembro, acontece na O2 Arena, em Londres, o Nitto ATP Finals, último evento de tênis masculino do ano, e que reúne os melhores do mundo, tanto individualmente quanto nas duplas.

Seu formato de disputa é um pouco diferente dos outros torneios. No ATP Finals não há eliminação direta, os oito tenistas (ou duplas) são divididos em dois grupos, onde todos jogam entre si. Os dois de melhor campanha avançam para a semifinal, e posteriormente podem disputar o título.

Existem três critérios para a escolha dos participantes. O primeiro deles é a posição no ranking da ATP. Os sete melhores colocados garantem classificação direta. O segundo é a conquista de títulos do Grand Slam. Até dois jogadores que não estejam entre os oito primeiros do ranking, mas que tenham vencido um destes torneios, podem se classificar.Por último, se não houver necessidade de se inserir nenhum jogador por outros critérios, jogam os oito melhores do ranking. Será o caso este ano, já que Rafael Nadal e Roger Federer ficaram com o título nos quatro Grand Slams.

Na disputa individual, seis participantes já estão definidos, restando duas vagas para serem disputadas no Masters 1000 de Paris. São eles, Rafael Nadal, Roger Federer, Alexander Zverev, Dominic Thiem, Grigor Dimitrov e Marin Cilic. Campeão em quatro edições consecutivas, entre 2012 e 2015, o sérvio Novak Djokovic não estará presente este ano. Ele contundiu o cotovelo e só retornará às quadras em 2018. Sétimo e oitavo colocados no ranking, respectivamente, o belga David Goffin e o espanhol Pablo Carreño Busta são os mais cotados para completar o grupo.

Entre as duplas, teremos dois representantes brasileiros. As que já têm participação garantida são: Łukasz Kubot/Marcelo Melo, Henri Kontinen/John Peers, Jean Julien Rojer/Horia Tecău, Jamie Murray/Bruno Soares, Bob Bryan/Mike Bryan, Pierre-Hugues Herbert/Nicolas Mahut e Ryan Harrison/Michael Venus. Esta última ocupa a nona colocação no ranking, mas entra por ter ficado com o título em Roland Garros.     

Saiba o que esperar da quinta competição de tênis mais importante do calendário. No Bumbet você encontra as melhores cotas para apostar no Niito ATP Finals e em muitos outros eventos.

Nadal e Federer têm favoritismo destacado na disputa individual

Com Djokovic enfrentando uma série de problemas físicos, o ano de 2017 foi inteiramente dominado por Rafael Nadal e Roger Federer. Atual número 1 do ranking, o espanhol venceu dois Grand Slams, Roland Garros e US Open, além dos Masters 1000 de Monte Carlo e Madrid, e dos ATPs 500 de Barcelona e Pequim. Se for campeão em Paris, na próxima semana, não poderá ser ultrapassado. Já chegou à duas decisões de ATP Finals, perdendo para Federer em 2010, e Djokovic em 2013. O experiente tenista suíço optou por disputar menos torneios durante o ano para evitar o desgaste, mas teve um desempenho impressionante. Em onze participações, Federer levantou o caneco em sete. Foram dois títulos de Grand Slam, no Australia Open e em Wimbledon. Três de Masters 1000, em Indian Wells, Miami e Shangai, além dos ATP 500 de Halle e Basel. Ele já anunciou que não participará do Masters 1000 de Paris, portanto, chegará fisicamente inteiro para buscar seu sétimo título da ATP Finals.

Correndo por fora, o torneio terá ainda o alemão Alexander Zverev, que surpreendeu ao conquistar os títulos de Masters 1000 de Roma e do Canadá, além do ATP 500 de Washington.O jogador ainda teve o mérito de ser o primeiro a vencer Federer em 2017, no Masters 1000 de Montreal. No entanto, o jovem de apenas vinte anos ainda apresenta um desempenho muito irregular, e decepcionou nos Grand Slams. O austríaco Dominic Thiem venceu o ATP 500 do Rio de Janeiro, foi finalista em Barcelona e Madrid, e chegou até as semifinais em Roland Garros. Em maio, superou Nadal no Masters 1000 de Roma, e pode fazer bonito novamente. Completam o grupo o búlgaro Grigor Dimitrov, vencedor dos ATPs 250 de Brisbane e Sofia, além do Masters 1000 de Cincinnati, e o bósnio Marin Cilic, que teve como única conquista no ano o título do ATP 250 de Istambul, mas é experiente, e fará sua terceira participação.

Entre as duplas, é maior a chance de uma surpresa

Łukasz Kubot e Marcelo Melo, que já conquistaram cinco títulos na temporada, incluindo Wimbledon e o Masters 1000 de Miami, são os favoritos no torneio de duplas, mas a modalidade sempre dá margem para o surgimento de surpresas. Foi o caso da dupla formada pelo norte-americano Ryan Harrison e o neozelandês Michael Venus, que até maio havia vencido apenas o ATP 250 de Estoril, mas chega ao ATP Finals graças à conquista do título em Roland Garros.

Vale a pena também ficar de olho em Henri Kontinen e John Peers. A dupla formada pelo finlandês e pelo australiano venceu o Australian Open, o Master 1000 de Shangai e os ATPs 500 de Washington e Pequim, e será mais uma a chegar com muita força. Outro brasileiro, Bruno Soares, tentará o título com seu companheiro, o escocês Jamie Murray. A dupla já conquistou um título em Londres em 2017, no ATP 500 de Queen’s Club, além de ter ficado com a taça em Acapulco e Stuttgart, e ter chegado até a decisão do Masters 1000 de Cincinnati. Correndo por fora, tem boas chances de surpreender. 

Para apostar em outros esportes, clique aqui: https://www.bumbet.com/sports

 

Conheça nossas promoções: https://www.bumbet.com/promocoes?menu=secondary

 Você também pode gostar: https://www.bumbet.com/artigos

 

Ainda não tem conta no Bumbet? Cadastre-se agora e viva momentos únicos apostando em seus esportes favoritos, com até R$ 450 em bônus.

CADASTRE-SE