Hamilton tentará repetir vitória de 2016

Por
Grand Prix Brasil

APOSTE AGORA

É difícil não atribuir a Lewis Hamilton o favoritismo no GP do Brasil. O inglês acaba de conquistar o título mundial, sua equipe também já garantiu o campeonato de construtores, e domina o circuito há três anos. O que pode pesar contra o piloto é o relaxamento natural de quem já atingiu seu objetivo. Ele venceu cinco das últimas sete provas, terminou em segundo lugar na Malásia, e obteve uma única classificação destoante no GP do México, em que bateu logo na primeira volta e teve que fazer uma corrida de recuperação, terminando em nono.

O carismático Hamilton é muito querido pela torcida brasileira, e com o apoio das arquibancadas buscará sua segunda vitória consecutiva em Interlagos. Acredito que voltará a ser o mais rápido no domingo.

De acordo com as cotas do Bumbet, o retorno para uma vitória do Inglês será de 100%. Se largar na pole position, o apostador terá um lucro de 66%. O valor em caso de volta mais rápida será interessante, R$ 1,50 por cada real investido. Há ainda a posssibilidade de se apostar contra o piloto da Mercedes, e obter um lucro de 77% caso a corrida seja vencida por qualquer um dos seus concorrentes. 

Bottas ainda pode tomar o vice-campeonato de Vettel

Com o título decidido, ganha força a briga pela segunda colocação na tabela, envolvendo o segundo piloto da Mercedes, Valtteri Bottas, e Sebastian Vettel, da Ferrari.  Apenas quinze pontos os separam, e o finlandês terá duas oportunidades para desfazer esta diferença.

Na medida em que foi ficando claro que o alemão não conquistaria o pentacampeonato, Bottas passou a andar mais rápido de forma sistematica. Ele cruzou a linha de chegada na frente de Vettel nos GPs da Inglaterra, Itália, Cingapura, Japão e México.

Dentre as principais equipes do circo da Fórmula 1, a Ferrari é aquela que está há mais tempo sem fazer um piloto vencedor no Brasil. Seu último triunfo em terras tupiniquins aconteceu em 2008, com Felipe Massa. Entretanto, Sebastian Vettel é o piloto em atividade com o maior número de vitórias no circuito. Foram duas, em 2010 e 2013, ambas com carros da RBR.

As cotas do Bumbet mostram que uma vitória do ferrarista pagará R$ 3,00 por cada real apostado, contra R$ 10,00 em caso de triunfo de Bottas. Uma pole position de Vettel proporcionará um lucro de 350%, enquanto o retorno na hipótese do finlandês ser o mais rápido nos treinos-livres será de 650%. Boto mais fé no piloto da Mercedes, que além de estar mais motivado tem um carro que costuma render melhor no circuito.

RBR tem tradição na pista e vem evoluíndo

O retorno de um piloto da RBR ao ponto mais alto do pódio de Interlagos também não deve ser descartado. A equipe já soma três vitórias na temporada, duas com Max Verstappen e uma com Daniel Ricciardo, e nos últimos sete GPs só não teve um de seus representantes entre os três primeiros na Itália e nos Estados Unidos. Verstappen foi o mais rápido há duas semanas no México, e chegará empolgado para buscar mais vinte e cinco pontos.

Segundo as cotas do Bumbet, uma vitória do holandês pagará R$ 4,00 por real apostado. Caso Ricciardo termine em primeiro lugar, o valor subirá para R$ 7,00. Uma opção que oferece mais segurança é apostar que um deles terminará entre os três primeiros. Se Verstappen subir ao pódio, o lucro será de 50%, caso seu companheiro termine entre os mais rápidos, o valor dobrará, chegando aos 100%.

Odds dos pilotos para vencer o GP do Brasil

Lewis Hamilton – R$ 2,00/R$ 1,00

Sebastian Vettel – R$ 4,00/R$ 1,00

Max Verstappen- R$ 5,00/R$ 1,00

Daniel Ricciardo – R$ 8,00/R$ 1,00

Valtteri Bottas – R$ 11,00/ R$ 1,00

Kimi Raikkonen – R$ 21,00/ R$ 1,00

Carlos Sainz Jr. – R$ 1001,00/R$ 1,00

Esteban Ocon – R$ 1001,00/R$ 1,00

Felipe Massa – R$ 1001,00/R$ 1,00

Fernando Alonso – R$ 1001,00/R$ 1,00

 Nico Hulkenberg – R$ 1001,00/R$ 1,00

Sergio Perez – R$ 1001,00/R$ 1,00

Lance Stroll – R$ 1501,00/R$ 1,00

Kevin Magnussen – R$ 2001,00/R$ 1,00

Pierre Gasly – R$ 2001,00/R$ 1,00

Romain Grosjean –R$ 2001,00/R$ 1,00

Stoffel Vandoorne – R$ 2001,00/R$ 1,00

 Marcus Ericsson – R$ 4001,00/R$ 1,00

Pascal Wehrlein – R$ 4001,00/R$ 1,00