Último teste antes do Aberto da Austrália, ATP 250 de Auckland chega às suas fases decisivas; Saiba quem são os favoritos

Por
ATP Auckland

APOSTAR AGORA

O ATP 250 de Auckland, cuja disputa se iniciou na última sexta-feira (05), entra a partir da próxima terça-feira em sua fase de oitavas-de-final. É neste estágio que os tenistas com melhor pontuação no ranking entram na disputa, e depois da derrota da favorita Caroline Wozniacki para Julia Goerges na final do torneio feminino, o norte-americano Jack Sock, e o argentino Juan Martin Del Potro, tenistas mais cotados para ficar com o título entre os homens, devem colocar as barbas de molho. Correm por fora o espanhol Roberto Bautista Agut e os também norte-americanos Sam Querrey e John Isner.

Com piso e condições climáticas muito semelhantes às encontradas na Austrália, o ATP Auckland serve como uma excelente preparação para o primeiro Grand Slam do ano, que começa no próximo dia 15. O torneio reúne 32 tenistas, e oferece ao campeão uma premiação de US$ 561 mil, além de 250 pontos no ranking da ATP Tennis.

Confira como chegam os principais postulantes ao título e aposte com as cotas do Bumbet.

Juan Martin Del Potro começa sua temporada em Auckland

Cabeça de chave número dois, o argentino Juan Martin Del Potro é o mais cotado para faturar o título na Nova Zelândia. O 11º colocado no ranking ainda não entrou em quadra em 2018, e terá um caminho dificílimo para chegar até a decisão. Em seu quadrante estão o uruguaio Pablo Cuevas, cabeça de chave de número seis, e o jovem canadense Denis Shapovalov, uma das grandes promessas do tênis mundial.

O grande objetivo de Delpo é voltar ao top 10, e para isso os 250 pontos do ATP de Auckland serão de muita valia. O argentino fez um bom segundo semestre em 2017, mas desperdiçou a oportunidade de terminar a temporada melhor colocado por não ter se saído bem nos torneios do início do ano, erro que não pretende repetir em 2018.

Se a parte física colaborar, Del Potro chegará forte para brigar pelo segundo título em Auckland de sua carreira. Ele foi campeão pela primeira e única vez em 2009.

Jack Sock foi finalista nas duas últimas edições

O norte-americano Jack Sock tem um bom retrospecto na Nova Zelândia, e decidiu a competição por dois anos consecutivos. Em 2016, foi derrotado pelo espanhol Roberto Bautista Agut, mas foi à forra no ano passado ao vencer o português João Sousa.

Oitavo colocado no ranking da ATP, Sock é o jogador mais bem colocado entre os 32 que lutam pelo título, e em situação normal seria o favorito absoluto para mais uma conquista. Porém, suas condições físicas preocupam. Há poucos dias, o jogador precisou abandonar uma partida da Hopman Cup. Pela mesma competição, ele ainda voltou à quadra para enfrentar o suíço Roger Federer, aparentemente sem nenhum problema, mas o incidente deixou seus fãs ressabiados.

A estreia do atual campeão será contra o vencedor do duelo entre o seu compatriota Tim Smyczek e o alemão Peter Gojowczyk, que se enfrentam na noite desta segunda-feira pela fase 16 avos de final.

John Isney e Sam Querrey correm por fora

Além de Jack Sock, outros dois jogadores dos Estados Unidos chegam à Auckland com chance de surpreender. John Isner é o 17º no ranking, e em 2017 completou sua oitava temporada consecutiva entre os top 20. O resultado, no entanto, foi decepcionante, pois ele esteve muito perto de figurar entre os dez melhores pela primeira vez. Isner já ficou com o título da competição em duas oportunidades, em 2010 e 2014, mas desde a última conquista não voltou a chegar à uma final. Seu primeiro adversário será o vencedor da partida entre os jovens Hyeon Chung, da Coréia do Sul, e Kyle Edmund, do Reino Unido.

Sam Querrey, por sua vez, foi finalista em Auckland uma vez, no ano de 2009, acabou derrotado por Juan Martin Del Potro, e desde então não brigou mais pelo título. O experiente norte-americano é o 13º do ranking da ATP, e tem uma carreira bem sucedida tanto individualmente quanto nas duplas. Ele já conquistou dez título de simples, mas passou em branco em 2017. Seu desafiante sairá do embate entre o tcheco Jiří Veselý e o romeno Radu Albot, que ficarão frente a frente no complemento da terceira rodada, que acontece na noite desta segunda-feira.

Cotas do Bumbet para o Complemento da terceira rodada

08/01 – 19:00 - Jiří Veselý (R$ 1,80) x Radu Albot (R$ 2,05)

08/01 -19:00 - Pablo Cuevas (R$ 2,25) x Guido Pella (R$ 1,66)

08/01 – 19:00 - Chung Hyeon (R$ 1,69) x Kyle Edmund (R$ 2,20)

08/01 – 19:00 - S. Tsitsipas (R$ 1,60) x Lukáš Lacko (R$ 2,35)

08/01 – 19:00 - Tim Smyczek (R$ 2,30) x Peter Gojowczyk (R$ 1,64)

08/01 – 19:00 - Robin Haase (R$ 1,38) x Casper Ruud (R$ 3,10)

08/01 - 19:00 - Steve Johnson (R$ 1,66) x Ryan Harrison (R$ 2,25)